Vamos dar voz aos Profissionais Liberais em Portugal!

Nos termos dos Estatutos e do Regulamento Interno de Admissão de Associados da
ANPL, vimos convidar os profissionais liberais de Portugal a filiarem-se na ANPL.

Desde a sua apresentação pública em 1 de maio de 2021, a ANPL tem vindo a
desenvolver um conjunto de iniciativas institucionais destinadas a defender e proteger os profissionais liberais, saber mais em https://anpl.pt/atividades/.

Assumindo-se a ANPL na promoção e defesa dos profissionais liberais. Entendidos
como os “detentores de qualificações de natureza intelectual, incluindo aquelas de
índole artística e cultural, promovendo a sua responsabilidade, autonomia
e independência no superior interesse dos consumidores e da comunidade em geral”.

Com as receitas provenientes das Jóias e Quotizações, iremos aprofundar os
mecanismos de defesa e representação dos profissionais liberais em termos nacionais e junto das instituições europeias, e disponibilizar em exclusivo aos nossos membros, informação dirigida e um conjunto de iniciativas e serviços de interesse para o exercício destas profissões.

A ANPL tem, nos termos do disposto no artigo 5º dos Estatutos, associados individuais ou coletivos.

Os interessados deverão submeter eletronicamente a Proposta de Admissão de
Associado (PAA) alojada em http://www.anpl.pt/associados, para o email anpl@anpl.pt.

A ANPL comunicará de seguida ao proponente sobre o deferimento da admissão e
indicação dos procedimentos pelos quais os interessados poderão proceder à liquidação do valor da Jóia e da Quota referente ao ano em curso.

Será então emitido pela ANPL um Cartão Digital e enviado por via eletrónica com a:
i) Identificação do nome do associado
ii) Número de associado
iii) Número de identificação fiscal
iv) Profissão / Atividade

O cartão de associado identifica o seu portador junto dos serviços da Associação e junto de entidades com as quais a ANPL tenha acordos ou parcerias, ou para outros efeitos
aplicáveis.

Valor da jóia e da quota anual
1 – A jóia ou quota de inscrição é fixada no valor de €20,00 (vinte euros) para associados individuais e de €50,00 (cinquenta euros) para associados efetivos coletivos.
2 – A quota anual a pagar pelos associados individuais é fixada no valor de €24,00 (vinte e quatro euros).
3 – A quota anual a pagar pelos associados efetivos coletivos será determinada em
função de deliberação da Direção, sendo fixado um valor mínimo de €100,00 (cem
euros).

Forma de pagamento da quota
1 – A quota tem caráter anual vencendo-se no dia 1 de janeiro de cada ano.
2- A quota é devida 30 dias após a data da inscrição.